Umbilical

Direção

ana vale

Ana Vale

Presidente

Enfermeira Mestre e Especialista em Saúde Mental e Psiquiatria

Em 2011, quando terminei a Licenciatura em Enfermagem, iniciei o meu percurso profissional no âmbito da psicogeriatria. Contudo, mal sabia eu que pouco tempo depois, no inicio do percurso “pelos caminhos” da maternidade, a vida me reservava uma grande mudança, não só a nível pessoal, como a nível profissional. Ser mãe trouxe-me o conhecimento de uma nova forma de amar, uma grande realização pessoal, e fez-me olhar mais para mim, enquanto mulher, filha e mãe, a vários níveis. Em 2015 criei um blogue focado em divulgar conteúdos inerentes à saúde mental perinatal, e ingressei na Especialidade/Mestrado em Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiatria com o intuito de aprofundar conhecimentos no âmbito da saúde mental perinatal, que concluí em 2017. Concomitantemente ao desenvolvimento do blogue, iniciei o Projeto “Mulher, Filha e Mãe”, que em Setembro de 2017 deu origem ao Centro Mulher, Filha e Mãe, atualmente a funcionar em parceria com a Árvore dos Bebés, enquanto centro de apoio materno-infantil. Atendendo ao trabalho de sensibilização e acompanhamento, que considero que existe por desenvolver e aprofundar em larga escala, quer ao nível da saúde como da doença mental no período perinatal, aceitei de coração cheio integrar a presente associação, e desta forma contribuir para que famílias e profissionais que se interroguem sobre a presente temática, possam sentir-se mais apoiados no seu quotidiano pessoal/profissional.

raquel

Raquel Vaz

Secretária

Psicóloga Clínica

Licenciada em Psicologia Clínica desde 2002 (ISPA) e Membro Efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses, atualmente estou integrada na Formação em Intervenção Sistémica e Familiar na Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar, dado o meu interesse crescente pelo trabalho desenvolvido junto das famílias e de cada membro, numa perspectiva sistémica. A minha prática como psicóloga teve início na área da gerontologia, estando também ligada à área da psicologia infantil, através da formação profissional, assim como na colaboração como psicóloga clínica em alguns projetos, mais recentemente fazendo parte da equipa do Centro Materno-Infantil Árvore dos bebés / Mulher, Filha e Mãe. Deste modo, desde cedo senti-me ligada e sensível à importância dos primeiros tempos de vida, até para compreender o indivíduo noutras fases da vida. Atualmente a minha intervenção passa pelo papel de formadora, abordando temáticas relacionadas com psicologia do desenvolvimento e parentalidade. Pelo papel de psicóloga clínica, através de consultas dirigidas a crianças, jovens e adultos, no âmbito de processos psicoterapêuticos. E pelo papel de mãe de dois filhos, o que me deu a oportunidade de uma compreensão vivencial acerca do desenvolvimento materno-infantil e sobretudo da perspetiva parental e familiar. Neste sentido, foi com entusiasmo que dei o passo de fazer parte da Umbilical, dando o meu contributo para um trabalho de sensibilização e acompanhamento, junto de famílias e profissionais, na promoção do bem-estar na gravidez e pós-parto. Porque acredito que “é preciso uma aldeia inteira para educar uma criança” e para Ser Família de forma equilibrada.

AnaMelo

Ana Melo

Tesoureira

Terapeuta de Shiatsu

Terapeuta de Shiatsu desde 2011, formada na Escola de Shiatsu de Portugal (Instituto Macrobiótico de Portugal), afiliada da Escola Internacional de Shiatsu de Kiental (Suíça). O que começou por um gosto pela massagem, cresceu para algo muito maior quando iniciei o meu percurso no Shiatsu. Os três anos de curso que realizei trouxeram-me imensas aprendizagens e novos percursos na minha vida, tanto pessoal, como profissionalmente. Desde 2012 integro o coletivo Satori Shiatsu, composto por colegas de curso completamente apaixonados pelo poder do toque que o Shiatsu proporciona. Quer a partir da participação em eventos, quer a partir da organização dos nossos próprios eventos, o objetivo tem sido sempre divulgar o Shiatsu, fazendo-o chegar a um número cada vez maior de pessoas. Nestes eventos, as mulheres e as crianças têm sido as pessoas com quem mais trabalho. Em 2015 começo a trabalhar, de forma individual, num espaço dedicado a mães, bebés e crianças. E, sem que tenha sido um objetivo profissional pré-definido, o meu público alvo acaba por se constituir predominantemente por grávidas, recém mães, mães com crianças de pequena idade e crianças. No mesmo ano, de 2015, há uma nova viragem na minha vida. As alterações emocionais vividas após o nascimento da minha filha, levaram-me a uma incrível viagem de auto-descoberta e conhecimento, e a um novo rumo profissional. A partir daqui, o meu foco estreita-se para as questões do bem-estar emocional e da saúde mental das mulheres, dos bebés e das crianças. E começo a trabalhar no Centro Mulher, Filha e Mãe. O sim ao convite para integrar a Umbilical foi muito fácil de dar. Como mulher, mãe e profissional sei que o bem-estar emocional é basilar para uma vida plena e feliz.

Assembleia Geral

Patrícia Pereira

Presidente

Professora na área da Saúde Mental, Investigadora e Terapeuta Familiar

O meu nome é Patrícia, sou mãe, professora, investigadora, terapeuta familiar e tenho prazer de estar de coração na Umbilical com tudo o que sou e que posso dar. Passo a explicar melhor: Mãe formada na escola de filhos e filhas, onde tenho o privilégio de ter 2 professores e 1 professora, para mim, brilhantes. Quando entrei nesta escola sabia que era um curso para a vida, por isso, ainda hoje continuo em formação. Apesar de exigentes, estes professores são muito dedicados e por isso esforço-me por lhes retribuir o seu investimento. Professora na Escola Superior de Enfermagem de Lisboa, onde contribuo para a formação de profissionais na área de saúde mental, ao nível da licenciatura e mestrado. Com eles partilho todos os dias o desafio das relações interpessoais. Investigadora na UI&DE, onde, em equipa, procuro enriquecer o conhecimento existente na saúde mental. Terapeuta familiar pela Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar, pois as famílias sempre despertaram em mim uma particular ternura. Os desafios, a riqueza, a possibilidade de realização, os afetos, os encontros e desencontros de todos os dias. Fundadora desta Associação porque acredito que se pode viver melhor cada desafio diário de ser pai, mãe, avó, avô, de ser família. Não há livros de instruções mas há caminhos que já foram percorridos e em conjunto podem-se fazer novos trilhos.

carlacorreia

Carla Correia

Secretária

Enfermeira Especialista em Saúde Mental e Psiquiatria e Mestre em Comunicação em Saúde

Sou enfermeira desde 1995, Mestre em Comunicação em Sáude, Practitioner em Programação Neuro Linguistica (PNL) e Practitioner Training em Time Line Therapy. Foi em 2014, após terminar a especialidade de enfermagem em Saúde Mental e Psiquiatria e estar a trabalhar como enfermeira de família que o meu gosto pela saúde mental perinatal despertou… Porque também sou mãe e reconheço os desafios da maternidade, nasceu então o Projecto “Ser no Amor”. Este projeto está implementado na Unidade de Saúde Familiar onde trabalho, visa a promoção da saúde mental perinatal e pretende apoiar grávidas e puérperas que necessitem de acompanhamento nesta fase da vida. Aceitei com grande entusiasmo o convite para ser fundadora desta associação porque acredito que há muito para fazer nesta área e porque quando se unem esforços a magia acontece.

Maria João

Maria João Nascimento

Vogal

Enfermeira Especialista em Saúde Mental e Psiquiatria

Sou Enfermeira Especialista em Saúde Mental. Desde muito cedo me encontrei com o nascimento, com a descoberta e transformação de cada elemento da família em algo maior, acrescentado por um bebé. Há 30 anos que me surpreendo diariamente com a capacidade e a força que cada mãe e cada pai consegue encontrar, especialmente nos momentos mais difíceis com os seus filhos e como conseguem superar limites, até então desconhecidos. As alterações emocionais inerentes ao período da gravidez e pós-parto obrigam as famílias a mergulhar nos seus receios mais primitivos, no entanto, acredito que é desse processo doloroso que nasce uma nova família. Acredito no poder revolucionário do bebé.

Conselho Fiscal

david

David Vale

Presidente

Editor e Pós-Produtor de Vídeo

Trabalho na área da edição de vídeo/pós-produção há mais de 20 anos, tendo sido sempre esta a minha grande paixão profissional. Em 2014, após ter sido pai pela primeira vez, acabei por enfrentar um período muito conturbado a nível emocional, inicialmente experiênciado pela minha esposa, e posteriormente por mim. Foram dias/semanas muito complicadas a nível pessoal, conjugal, familiar e profissional. Motivo pelo qual também quis contribuir para o desenvolvimento da UMBILICAL. Temos de falar mais sobre este tema com as mães, pais, avós, família, profissionais, e penso que a Umbilical poderá dar um excelente contributo à valorização da saúde mental na gravidez e pós-parto.

pauladias

Paula Dias

Secretária

Marketeer

Como profissional de marketing e mãe de família, experienciei que manter o equilíbrio entre a vida familiar e a atividade profissional é uma tarefa que pode revelar-se muito desafiante com a chegada dos filhos. Num mundo onde particularmente à mulher se exige que seja perfeita, a pressão para corresponder a esta expectativa, pode ser um fator de imenso stress nos processos de gravidez e pós-parto, uma vez que as alterações físicas, e não só, podem ser avassaladoras. É esta a minha experiência, sem dramas ou quaisquer preconceitos, mas com uma imensa solidariedade para com todas as mães e pais que todos os dias enfrentam 1001 situações, para as quais nem sempre o apoio dos avós ou de um médico consegue dar resposta a alguns dos dilemas que se nos apresentam, enquanto pais e educadores. Por tudo o que acima referi, foi com muito entusiasmo que abracei o projeto da Umbilical no qual acredito e espero poder dar o meu contributo.

 

ritapereira

Rita Pereira

Secretária

Psicóloga

Por ter tanto interesse em compreender as relações e os funcionamentos tanto internos como externos e a inter-relação entre os sistemas, escolhi, assim, aprofundar conhecimentos na área da psicologia, mais concretamente e numa primeira fase, em psicopedagogia. Sempre tive um particular interesse pelas trajectórias e percursos mais desviantes do que aqueles que são considerados normativos, pelo que fui desenvolvendo e aprendendo cada vez mais sobre estas vastas áreas do conhecimento. Academicamente continuei o meu percurso pela psicologia legal, o que me permitiu explorar e investigar de forma mais aprofundada os fenómenos inerentes à adopção e às famílias. Tenho desenvolvido, desde 2000/2001, a minha actividade profissional no âmbito do Sistema de Promoção e Protecção, mais especificamente, com famílias com crianças e jovens em situação de risco e/ou perigo.

No meu percurso profissional e, também, no pessoal, tenho tido a oportunidade de me fascinar e aprender cada vez mais sobre o impacto que o desejo ou a falta deste tem na parentalidade, inicialmente, no bebé e com o seu desenvolvimento, na criança, adolescente e mais tarde no adulto. Por continuar a querer aprofundar conhecimentos e aprendizagens sobre o funcionamento do Ser Humano, os seus processos internos e as suas relações com os objectos externos, integrei a formação em Intervenção Sistémica e Familiar na Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar, estando, neste momento, em fase de supervisão. A par, integrei, igualmente, a formação em Psicoterapia Psicanalítica na Associação Portuguesa de Psicanálise e Psicoterapia Psicanalítica, no sentido de dar continuidade ao auto-conhecimento, à ampliação do campo de pensamento e à transformação pessoal, o que, por consequência, permite realizar um percurso analítico com quem sentir a necessidade de o concretizar.

Pelos caminhos terapêuticos, bem como pelos caminhos da vida, tive a oportunidade de conhecer a Umbilical, por uma das pessoas que passou e veio para ficar na minha vida, e o seu trabalho em prol da saúde mental materna e paterna e das alterações emocionais que acontecem tanto no período pré como pós-natal. Claramente, esta intersecção entre o trabalho desenvolvido pela Associação e o meu interesse pela saúde mental, é o motor e o promotor da minha integração na Umbilical, por considerar que poderei, de alguma forma, contribuir para a promoção do bem-estar na gravidez e pós-parto das Famílias e no trabalho com os profissionais.

Shopping Basket